| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

Chocolate

Page history last edited by Elis 15 years, 7 months ago

 

Chocorango

 

Ingredientes:

 

 *1 lata de creme de leite  

*1 copo de achocolatado em pó

*Morangos

*Granulado                                                                              

                                                                                                  

                                                                                                                                                         

 

 

Modo de preparo

Misturar o creme de leite com o achocolatado em pó. Colocar em copos e levar a geladeira com os morangos e o granulado. Depois de um tempo está pronto para ser servido.

 

Tabela de preços

 

 

 

PRODUTO

PREÇO

Achocolatado em pó

de R$2,50 a R$3,20

Creme de leite

de R$1,45 a R$2,95

Morango

de R$1,98 a R$2,50

Granulado
 
de R$2,28 a R$2,91
 
Total                      de R$8,21 a R$11,26

 

 

 

História do chocolate

 

     2008 será um ano muito especial para o chocolate, pois o doce completará 523 anos (a partir da sua descoberta pelos espanhóis).

     Tudo começou em 1400, quando os espanhóis chegaram ao Brasil. Os Astecas preparavam uma bebida com especiarias chamada de Xocoatl, com grãos de cacau torrados, especiarias e mel. Logo os espanhóis descobriram a bebida meio amarga dos Astecas. Como se sabe, a bebida, feita a partir do cacau, era amarga, devido a falta de açúcar na receita, pois aquele povo tinha um grande histórico de diabetes. 

     Os espanhóis, muito desenvolvidos, então, apresentaram aos Astecas a sacarina (o açúcar). Os Astecas logo repudiaram o adoçante e xingaram os espanhóis de todos os nomes possíveis por estragarem seu drinque milenar. Os espanhóis ficaram muito bravos com a falta de educação dos Astecas e mataram todo o povo nativo. Não sem antes arrancar a receita da bebida do cozinheiro chefe (“arrancar” no sentido literal da palavra, pois a receita estava tatuada na virilha do cozinheiro).

     Chegando à Europa, a tripulação foi até o Registro de Patentes de Barcelona (que só foi criado 200 anos depois) e registraram o quitute em seu nome. A bebida, comercializada na forma de pó solúvel ou barra efervescente, logo fez sucesso. Mas não na sua forma original, pois os comerciantes esqueciam de avisar aos clientes para dissolver o produto na água, e o chocolate acabou sendo popularizado como conhecemos.

     Depois disso o chocolate se tornou famoso em todo o mundo.

 

 

Processo de industrialização do chocolate:

 

     O cacaueiro é uma árvore frágil, delicada e muito sensível a pragas e fungos.

     Na colheita o cacau é aberto, as sementes são separadas, fermentadas e secas. A fruta deve ser tratada imediatamente após a sua colheita, para evitar o apodrecimento. Vinte e quatro horas após a abertura da fruta começa o processo de fermentação.

     Na fase de desidratação o cacau é espalhado ao sol e mexido regularmente para manter as sementes arejadas, para não permitir a formação de bolor. Uma vez seco, o cacau é colocado em sacas de 60 quilos e despachado para armazéns ou fábricas processadoras.

     No próximo estágio, os frutos são descascados, e finalmente, o cerne da semente é limpo.

     Essa massa pode ter dois destinos diferentes: a produção de chocolate ou a produção de chocolate em pó. No caso do chocolate em pó, a massa passa por uma prensa hidráulica.

 

 

 

Chocolate:

 

          Na produção do chocolate é usada a massa de cacau, açúcar, manteiga de cacau, e, possivelmente, leite. Todos os fabricantes têm, para cada um dos seus produtos, uma formula própria, onde a proporção dos ingredientes varia conforme o produto final. A produção do chocolate é composta de etapas. Cada etapa é muito importante, pois, qualquer erro perde-se todo o lote.

 

 

Bibliografia:

www.bacaninha.uol.com.br

www.big.com.br

www.estrelaangeloni.com.br

 

Alunas: Bárbara S. e Bruna I.

 

Comments (2)

Elis said

at 12:40 pm on Sep 22, 2008

maneiro, fui eu que fiz!!
hihihi
By: Barbara!

Elis said

at 11:49 am on Dec 8, 2008

Os ingredientes estão bem esclarecidos, mas o modo de preparo está meio confuso. Seus ingredientes são fácil de ser encontrados, é um prato popular e barato. A história do prato é interessante e bem esclarecida. O mapa mostra bem os locais onde estão o cacau e a industrialização desse produto está bem definida.

By: Adriano e Gabriel.

You don't have permission to comment on this page.